Reflexão 24 – O que é inteligência emocional

Algumas pessoas entendem inteligência emocional como a capacidade de unificar cérebro e emoção, cabeça e coração...

Para Daniel Goleman, ¨ A inteligência caracteriza a maneira como as pessoas lidam com suas emoções e com as das pessoas ao seu redor. Isto implica autoconsciência, motivação, persistência, empatia e entendimento e características sociais como persuasão, cooperação, negociações e liderança. Esta é a maneira alternativa de ser esperto, não em termos de QI, mas em termos de qualidades humanas do coração¨.

A inteligência emocional é a interação com o entorno, o mundo, as circunstâncias e as pessoas a volta que leva em conta sentimentos e emoções. Para que se atue com inteligência nesse meio nosso de cada dia é, antes de mais nada, necessário reconhecer nossos próprios estados emocionais e perceber o motivo que os gerou para entender nossas reações imediatas e, pouco a pouco, fortalecermos nossas virtudes e diminuirmos nossos pontos fracos.

Isto não é nada mais do que a capacidade de nos reconhecermos como seres também emocionais e não temermos isso...afinal, sentir não é pecado...o que fazemos com o que sentimos é o importante! A conscientização e a decisão tomadas a partir do reconhecimento de um sentimento ou emoção.

É o não se deixar levar por impulsos primários...e isso não quer dizer regular, ignorar ou disfarçar essas emoções... a partir da auto honestidade que se fundamenta toda a capacidade de administração das nossas emoções e sentimentos.

A irritação aumenta o fluxo sanguíneo nas mãos tornando mais fácil empunhar uma arma e agredir alguém...Também aumenta os batimentos cardíacos e a taxa de hormônios que geram força para a agressão; no caso do medo, o sangue sai do rosto e flui para a musculatura esquelética longa ( pernas) para facilitar a fuga – o corpo parece paralisar por instantes, talvez para decidir se é melhor correr ou esconder-se.

Compreendendo a nós mesmos com relação a atitudes e o modo de lidar com esses sentimentos e emoções nos tornamos aptos a entendermos e as necessidades das pessoas com quem convivemos e interagimos. E nada melhor do que entusiasmo para isso...Entusiasmo, do grego enthousiasmós, de enthousiázein que quer dizer ¨estar inspirado em Deus¨ , atuação com vigor e intensidades especiais, inspiração divina que tem origem dentro de nós e nos torna capazes de grandes atuações.

Assim percebemos como è realmente inteligente administrarmos nossas reações interna pois estas se refletem na habilidade de nos relacionarmos com as demais pessoas e aceitá-las como elas são.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fico feliz por você deixar sua opinião - ela é muito importante para mim!
Muita luz e amor
mirna