O ABENÇOADO CAMINHO DO MEIO

No que se refere às emoções, o problema não é senti-las... mas o que fazemos com elas.

Em primeiro lugar é importante que se tenha em mente que sentir as emoções, mesmo aquelas negativas como ódio, ira, rancor, ciúme, inveja... é um privilégio que nos direciona para um caminho de crescimento e enriquecimento interno, pois é através delas que aprendemos nossas lições e temos a oportunidade de nos tornarmos pessoas melhores.

Quando se sente uma emoção, e após aceitar claramente o que se sente, vem a importante e decisiva opção: o que fazer com ela? Deixá-la crescer, e, se for negativa, matar uma parte de nós e nos impedir de viver intensamente muito bons momentos de nossas vidas por estarmos impregnados de idéias densas? Ou resolvê-la internamente, agregando um pouco mais de auto conhecimento e nos tornando um pouco mais donos de nós mesmos?

Tudo está na coerência de nossas metas e estilo de vida, tudo está no que realmente queremos para nossas vidas e na certeza de que somos aquilo que nós mesmos escolhemos... aquele que se deixa arrastar pelas emoções não aprendeu nada sobre como é viver.

Uma emoção, seja ela qual for, pode ser simplesmente ignorada, o que não é solução, pois além de estarmos rejeitando uma chance de crescer, aprender e acrescentar, estaremos nos tornando seres excessivamente frios... ou sentida até às raias da loucura, do insano desprovido de todo e qualquer bom senso, o que também não é salutar; a administração das emoções, o poder sentí-la, entendê-la e colocá-la no seu lugar ideal, o abençoado caminho do meio, o equilíbrio, é um dos grandes desafios de nossas vidas, desafio este que, vencido, será compensado com a certeza absoluta de que sairemos desta nossa trajetória terrena espiritualmente, mentalmente e emocionalmente bem melhores do que quando começamos esse trajeto.

Um comentário:

  1. Um texto muito pertinente. Precisamos ter equilíbrio e bom senso em todas as ações e momentos da vida. Esse é sempre o melhor caminho. Um abraço. Drauzio Milagres.

    ResponderExcluir

Fico feliz por você deixar sua opinião - ela é muito importante para mim!
Muita luz e amor
mirna