Perdão




Por não suportar a dor,
por omitir juízos de valor,
por não entender a cor...
Eu te peço perdão: Perdão, Senhor!
Por atos irreverentes,
por vozes intransigentes,
por reclamações incoerentes...
Eu te peço: Perdão Senhor!
Perdão por não ter entendido,
perdão por ter transgredido,
perdão se não soube ter colhido...
perdão pala limitação,
perdão por não ter visto solução,
perdão
por já não ter pedido perdão...

4 comentários:

  1. Mirna,
    Vc escreve coisas maravilhosas.Pode publicar seu livro de poemas.Beijão.

    ResponderExcluir
  2. Olá... muito bom aqui voltar! Há quanto tempo venho querendo ler tão belas palavras !

    Adoro !

    ResponderExcluir
  3. Engano com palavras mudas o grito que cala
    Esperanças na ponta da lança que fere o peito
    Atingindo sentimentos sentidos por defeito
    Descritos pelo som da escrita, que por si fala

    Passando para agradecer a gentil visita
    Retribuindo de uma forma que emana
    Em aqui estar e ler sua sublime escrita
    E desejar-lhe uma extraordinária semana

    O eterno abraço…

    -MANZAS-

    ResponderExcluir
  4. É muito importante sabermos pedir perdão, como também perdoar.
    Belas palavras!

    Há pouco tempo, iniciei uma seção de Reflexão em meu BLOG, e gostaria muito de ter um post seu lá, caso se interesse, favor, entre em contato.

    Abraços.

    ResponderExcluir

Fico feliz por você deixar sua opinião - ela é muito importante para mim!
Muita luz e amor
mirna