Croqui


Caminhos de longos traços...
Céus de perenes pontos...
Pés cansados, descalços,
andando em pensamentos tontos!
Luzes em tiras desnudas,
ares de linhas retas...
Vozes soando mudas,
gritando idéias secretas!
Caminhos de linhas retas... secretas!
Céus de longos traços... descalços!
Luzes de perenes pontos... tontos!
Ares de tiras desnudas... mudas!


Um comentário:

  1. que poema belo, uma celebração da lingua: musical,sinuoso e musical.gostei muito.surpreendente!parabens!

    ResponderExcluir

Fico feliz por você deixar sua opinião - ela é muito importante para mim!
Muita luz e amor
mirna