Olhar


Olhar para dentro e ver a sua verdade... você, inteiro. É o despertar!


Olhar para dentro é algo extremamente difícil; geralmente fugimos disso o tempo todo... é complicado percebermos que lá, no âmago de nosso ser, não existem apenas as coisas boas, os bons sentimentos, como nós geralmente imaginamos... mas se soubermos como olhar e tivermos a coragem de ver realmente, encontraremos algo muito melhor do que uma coletânea de bons sentimentos – veremos que todos aqueles não tão bons propósitos estão lá justamente para fortalecerem aqueles que são bons, se permitirmos, é claro!


Olhar para dentro nos ajuda a despertar para a dualidade cotidiana e a entendermos que sempre temos uma escolha e que esta é diária, momento a momento, instante a instante de nossas vidas... e que cada escolha fortifica tudo o que temos de bom, ou não... mas certamente nos torna donos de nossas vidas, nossos caminhos, nosso caráter.


Olhar para dentro significa nos percebermos como somos, nem mais, nem menos... criaturas humanas desejosas de acertar, de ser melhores, de dar de cara com aquilo que representa, para nós, a verdadeira felicidade.


Quanto mais tememos olhar para dentro, mais nos enredamos nas imagens de fora e mais nos perdemos da companhia única e insubstituível de toda a nossa vida, aquela da qual não há férias, nem divórcio, nem distancia... nós mesmos. E, acredite, é uma ótima companhia se nos propormos a conhecê-la, sem expectativas...sem pretensões... simplesmente conhecê-la com sinceridade e honestidade, e aí, encontraremos muitas das respostas que procurávamos do lado de fora!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fico feliz por você deixar sua opinião - ela é muito importante para mim!
Muita luz e amor
mirna