Viagem


Viagem de um só caminho...
escondido no esquecimento,
soterrado em fugas,
disfarçado no tormento!
Intransferível viagem...
Imprecindível encontro...
levava toda bagagem:
lembrança, emoção, avantesma...
caminhou imagens adentro...
ao encontro de si mesma!

2 comentários:

  1. Oi amiga,seus poemas cada vez mais maravilhosos.parabéns.Abraços

    ResponderExcluir
  2. A viagem pode ser permanente, pode ser momentânea, pode ser para um lugar distante ou para dentro de nós mesmos.
    A vantagem desta última é que o único turista somos nós mesmos.

    Adorei a poesia!
    Beijos!
    Lu

    ResponderExcluir

Fico feliz por você deixar sua opinião - ela é muito importante para mim!
Muita luz e amor
mirna