Vida Branca


 
Como aqueles que sem coragem
nada começam, por temer a lida...
e, sendo assim, já terminaram,
se deixou permanecer branca,
inerte, casta e sem vida
como folha de papel virgem
sobre a mesa esquecida,
esperando
ser de palavra acrescida.
E assim ficou, de vazio caída...
e de intolerante medo,
intocável, inútil...
mero arremedo...
Vida silente e contraída,
sem expressão...
sem vias...
sem saída!

5 comentários:

  1. Pascoa Feliz
    Deixo com carinho...


    Rio calmo



    Rio…rio calmo
    A quem carinhosamente
    Deram o nome de “Lima”
    Com margens verdes…
    Cheias de arbustos…
    Que serenamente, espera…
    Por mim…e por ti…
    Que deixam que eu
    Me sente na tua margem…
    Com as águas a correrem…
    Manhosamente a darem…
    A sensação de paradas …
    E adormecidas…
    Mas no fundo …
    Bem vivas…
    E sempre atentas…
    Para darem e tirarem…

    Lili Laranjo

    ResponderExcluir
  2. oi linda
    Seus poemas divinos.....e maravilhosos.
    Feliz e boa Páscoa para vc e seus amados....
    beijus
    cleuza,bronye e carlos

    ResponderExcluir
  3. agradeço e retribuo a visita e o desejo de Feliz Páscoa! bjs

    ResponderExcluir
  4. Que assim seja querida amiga, para todos nós!!
    Feliz páscoa pra você também!!!

    Beijão!!

    ResponderExcluir
  5. Olá, eu sou Danilo, tenho 13 anos e também sou blogueiro!
    Seu blog é muito legal!
    Eu já estou seguindo ele!
    Siga o meu também!
    http://30trena.blogspot.com
    Bjos!
    Fica com Deus!
    Obrigado!

    ResponderExcluir

Fico feliz por você deixar sua opinião - ela é muito importante para mim!
Muita luz e amor
mirna