Inaudito



Insólito sentimento...
vestido de amor e graça,
chega até mim num piscar,
se aconchega... fica... 

e embaça todo o claro pensar.
Feito de intensa luz,
deixa tênue o luar...
como rápida estrela cadente,
traço de luz a correr,
quem sabe assim, somente,
possa, enfim, não sofrer!

2 comentários:

  1. Amiga Mirna

    Que lindo poema, tão bem bem tirmado
    e com uma suavidade maravilhosa.

    Um beijo

    Alvaro

    ResponderExcluir
  2. Nobre amiga Mirna voltando para matar a saudade. Parabéns! Este espaço esta cada vez melhor. Bela publicação, belissimo poema, linda imagem, gostei, encantador. Confesso minha simpatia e admiração por seu talentoso e inteligente trabalho. Valeu ter passado aqui. Sinto-me feliz e honrado. Quero avisar que tem um “PRÊMIO” esperando por você lá no Blog, não demore! Aguardo por sua visita. Sinta-se em casa. O nosso imortal Piloto Ayrton Senna costumava dizer; "Seja você quem for, seja qual for a posição social que você tenha na vida, a mais alta ou a mais baixa, tenha sempre como meta muita força, muita determinação e sempre faça tudo com muito amor e com muita fé em Deus, que um dia você chega lá. De alguma maneira você chega lá." Grandioso sentimento. Honrado e feliz por sua amizade, desejo muito sucesso. Volte sempre! Encontrar-nos-emos sempre por aqui. Brilhe sempre. Um ótimo e proveitoso dia de trabalho, proteção, paz, saúde, alegria e muitas bênçãos. Que a presença Divina nos oriente e dê sabedoria para o nosso caminhar. Um abraço fraterno.
    Valdemir Reis

    ResponderExcluir

Fico feliz por você deixar sua opinião - ela é muito importante para mim!
Muita luz e amor
mirna