Lembrança


Lembrança pintada à saudade:
teu riso puro e inocente
e o olhar de luz tremeluzente...
Na folha de papel da mão
tua obra criada para mim:
um colorido querubim!
Ainda hoje sinto tão vivo,
tatuado em tinta de amor...
no coração escondido da dor...
ainda em cores latentes,
em um vibrar sem fim...
aquele colorido querubim!


Um comentário:

  1. Miluz,
    Que poema inspirador... Achei um tanto dolorido, mas pura poesia, pura poesia...

    ResponderExcluir

Fico feliz por você deixar sua opinião - ela é muito importante para mim!
Muita luz e amor
mirna