Transformação



 Ali, no casulo trancada
com o coração ansioso...
pois seria a lagarta transformada
em um ser alado... audacioso.
Com belas asas a voar...

só então viveu o livre,
só depois de transmutar...
Bendito o tempo de espera,
o querer, o decidir, o preparar...
e, finalmente, a beleza impera
e, de interna, aflora, deslumbrante e ímpar!


2 comentários:

  1. Ola Mirna

    entrei a visitar seu espaço, mas me desculpe estou num estado psiquico e consigo dizer nada.
    voltarei, amiga.
    Um beijo

    Alvaro

    ResponderExcluir
  2. OI MIGA

    Estou eu aqui no meu casulo.
    Vim aqui deixar nosso beijo.
    Eu e bronye

    ResponderExcluir

Fico feliz por você deixar sua opinião - ela é muito importante para mim!
Muita luz e amor
mirna