Hora da partida


 
Hora da partida...
pela frente uma estrada fria
onde só ausência será sentida
preenchendo uma vida vazia...
Hora da partida...
sem adeus... sem saudades...
pra que palavra sofrida?
evitemos amenidades...
Hora da partida...
fica selado nos lábios e em fogo
tatuado na alma tangida
o querer ficar, o último rogo!


2 comentários:

  1. Gostei muito linda sua poesia, parabéns, voltarei mais por aqui amiga.
    Abraços forte

    ResponderExcluir
  2. SAUDAÇÕES!
    Uma Poesia simplesmente belíssima!
    Parabéns!
    LISON.

    ResponderExcluir

Fico feliz por você deixar sua opinião - ela é muito importante para mim!
Muita luz e amor
mirna