Sob o luar


Sob o luar...
tantas despedidas...
tantos encontros...
palavras em vão escondidas;
olhos secos dos prantos.
Sob o luar...
onde tudo se torna irreal
num etéreo e estranho pulsar;
num começo sem ter final;
numa única luz a brilhar.
Sob o luar...
imagens esboçadas, desapercebidas;
caminhos se cruzam, alheios;
vidas se fazem esquecidas;
palpitam os últimos anseios!


Um comentário:

  1. Querida,

    Voltando das férias hoje, agradeço e retribuo sua visita no período que estive ausente, tenha uma excelente semana. bjs.

    ResponderExcluir

Fico feliz por você deixar sua opinião - ela é muito importante para mim!
Muita luz e amor
mirna