Posse




Viajando livre nas nuances cálidas,
no som eterno destes versos soltos,
moldando luzes sobre faces pálidas,
e justa calma em ventos tão revoltos.
Sou caminhante de palavras caras,
ao explorar sílabas, sons e rimas...
e até mensagens de verdades raras,
adaptando vidas, cores, climas.
A poesia recria a criatura
e a criação se torna parte afim,
como uma espécie de mistura
que é meio mística, meio energia...
que, insolente, se apossando assim
de toda esta alegria que há em mim!





5 comentários:

  1. Este teu cantinho está sempre lindo, a poesia recria a criatura, a ponto de não se saber onde começa uma ou outra...
    beijos

    ResponderExcluir
  2. Muito lindo "A poesia recria a criatura
    e a criação se torna parte afim" Parabéns.
    Abraços forte

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Gostei do seu blog show, not°10 desejo muito sucesso em sua caminhada e objetivo
    Um grande abraço
    http://maximumforma.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Gostei muito do seu blog.
    Adoro poesias!!
    Vou sempre dar uma passada por aqui para inspirar meu dia!
    Grande abraço!!

    ResponderExcluir
  5. oi miga !

    Como sempre,muito lindo.
    bjão
    nosso

    ResponderExcluir

Fico feliz por você deixar sua opinião - ela é muito importante para mim!
Muita luz e amor
mirna