Sentido



Sôfrego, tangente e inaudito...
assim se faz esse amor,
consciente de viver irrestrito,
nas cores e formas de um céu de ardor.
Ah, as sublimes cores de vida
que elegem o coração do ser
nele envolvem, como em guarida,
todo o sentido do querer crescer...
guardando as luzes de todo um mundo,
vibrando além da mais alta dimensão,
calcando no âmago profundo
uma vivência e uma transmutação
que refazem cada feliz segundo
em que juntos estamos...unidos
por laço forte de amor inundo!

4 comentários:

  1. Assim se faz um amor, e assim se faz um belo poema!
    beijo, lindo final de semana

    ResponderExcluir
  2. Olá Mirna

    Amiga, embora um pouco ausente, me sinto sempre presente, porque todos permanecem na minha lembrança em cada dia. Espero compreenda, pois
    os problemas de visão me obrigam a estes espaços de ausência.

    Adorei este seu lindissimo poema.

    Lhe desejo um bom fim de semana.

    Beijinhos

    Alvaro

    ResponderExcluir
  3. Oi Mirna...

    Vim visitar seu espaço de novo e ler um pouco suas obras.
    Obrigado pela força lá na Casa da Poesia com a publicação dos seus trabalhos.
    Gostei do mini-cht que vc colocou...depois vc me ensina o jeito de conseguir o código dele?

    Beijos* poéticos e esteja com Deus minha amiga.

    ResponderExcluir
  4. Parabéns pelas sabias palavras de sentimentos, que diga-se de passagem, muito bem expostas neste poema - SENTIDO - uma excelente reflexão para a vida toda.

    Continue assim amiga e que Deus ilumine sempre a sua trajetoria nesta vida.

    Gilberto Queiroz
    http://culturanobre.blogspot.com

    ResponderExcluir

Fico feliz por você deixar sua opinião - ela é muito importante para mim!
Muita luz e amor
mirna