MATIZ

Lembranças esmaecidas,
com cheiro de pura paixão,
revolvem sensações esquecidas
enterradas em meio à razão...
e nas vestes, nas cores quentes,
repousa a sofreguidão
marcada no fundo da mente,
escondida no coração...
E no vermelho matiz dessa cor
descansa o eu, sossegado,
no amor, enfim, encontrado! 

2 comentários:

  1. Mirna querida,

    Exercício maravilhosamente cumprido.
    Sensibilidade gritante da poeta cheia de luz.
    Muito bom recepcionar o fim de semana que vem chegando passeando no teu espaço que é tão gostoso.

    beijos ternurentos

    Clau Assi

    ResponderExcluir
  2. As lembranças, a saudade nos mantêem perto de quem gostamos, mesmo que a distancia eisista e nos fazer esquecer.
    Beijos

    ResponderExcluir

Fico feliz por você deixar sua opinião - ela é muito importante para mim!
Muita luz e amor
mirna