TECER

São tantos pedaços de mim
soltos ao longo da vida...
que então me pego assim,
de tantos sonhos esquecida!
costurando antigas palavras
com um misterioso querer,
assim, com quem lavra
no livro da alma o viver!
e esse curioso tecer,
num insano, lúcido instante...
me invade, me faz perceber
que todo sonho retorna, vibrante!

Um comentário:

  1. ILUMINADA!!
    Esse é o adjetivo que encontro pra tua poesia.

    beijos, Mirna, saudades!!!

    Clau Assi

    ResponderExcluir

Fico feliz por você deixar sua opinião - ela é muito importante para mim!
Muita luz e amor
mirna