AMIGO

És a mão que se estende
quando preciso de esteio;
a alma que compreende
todo meu pequeno enleio;
És com quem eu conto
para rir e para chorar
pois sempre estás pronto
para um amigo acarinhar.
Somos amigos eternos,
nascidos para se amar;
espíritos sempre fraternos,
amor de anjos a cantar!

2 comentários:

  1. Olá Miluz! Passando para conferir teus escritos ricos, inteligentes.

    Sobre o post: Para conhecermos os amigos é necessário passar pelo sucesso e pela desgraça. No sucesso, verificamos a quantidade e, na desgraça, a qualidade.

    Bjs.

    ResponderExcluir
  2. O blog tá mais bonito! Aehhhhhhhhhh!!! rs E os versos, como sempres, lindos! Continue e visite! Bjokas Psico Poético - xandybritto.blogspot.com Esqueceu de mim! rs

    ResponderExcluir

Fico feliz por você deixar sua opinião - ela é muito importante para mim!
Muita luz e amor
mirna