LUTAS E ROSAS


Como tantas e internas lutas
em que se perde a via da razão,
em que a emoção salta em abruptas
e incoerentes formas de vazão;
então, surge entre lâminas,
frias, rígidas, cortantes...
da precisa espada da verdade,
em palavras puras e cristalinas,
que em sons claros e vibrantes,
declara com tão terna suavidade
esse amor tão grande e contundente
que, como as rosas, em sua eternidade,
ilumina o olhar, candidamente!

Um comentário:

  1. Mirna, poetamiga,

    Teus versos são sempre cheios de profundidade e belezas. Tua poesia é rara e inspirada.
    Parabéns!!

    beijos ternurentos

    Clau Assi

    ResponderExcluir

Fico feliz por você deixar sua opinião - ela é muito importante para mim!
Muita luz e amor
mirna