ARMADURA


Fez-se, assim, de repente,
pretenso cavaleiro andante;
com armadura e espada
e a alma cativante!
Lutou pela sua amada
e foi herói surpreendente...
mas de joelhos caiu
diante de um grande amor
que seu peito destruiu
e seus olhos encheu de dor.
Cavaleiro de tão nobre imagem
que a armadura traz até agora
e esconde em intensa coragem
um coração que em amor aflora!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fico feliz por você deixar sua opinião - ela é muito importante para mim!
Muita luz e amor
mirna