PLENO


Em traços de natureza;
em um universo sem par...
de todo lado emanava,
perene em tanta beleza,
visível ao puro olhar...
tocante como o som que cantava.
Fez-se em real plenitude...
tomou conta de nós!
Cresceu em sábia atitude
e do nosso sentir se fez voz.
Amado amor que se espalma,
tomando conta de tudo...
encontra guarida na alma
e num coração fecundo!

3 comentários:

  1. Passeando por aqui. Deixando meus votos de bom fim de semana.

    POETA

    Poeta é bicho carpinteiro,
    com borboletas no estômago
    e pirilampos no olhar.

    Clau Assi

    ResponderExcluir
  2. Miluz passei para conhecer seu blog ele é muito maneiro com excelente conteúdo você fez um ótimo trabalho desejo muito sucesso em sua caminhada e objetivo no seu Hiper blog e que DEUS ilumine seus caminhos e da sua família
    Um grande abraço e tudo de bom

    ResponderExcluir
  3. Bela poesia, poeta! Saudades! Bjokas! XB

    ResponderExcluir

Fico feliz por você deixar sua opinião - ela é muito importante para mim!
Muita luz e amor
mirna