Solilóquio

Aquela com quem eu falo,
distante arremedo de mim...
é vinda lá de outro lado,
de outra que fui, do confim
onde a alegria ficou...
Estranho e atemporal solilóquio
onde ninguém escutou...
nem eu, nem o fantasma que sou!

4 comentários:

  1. Olá Mirna

    Mais um lindo poema.
    Adorei

    Um Beijo

    Alvaro

    ResponderExcluir
  2. Amiga Mirna

    mais um lindo poema
    Adorei

    Um beijo

    Alvaro

    ResponderExcluir
  3. Olá Mirna

    Mais um lindo poemacomo sempre
    Adorei
    Já postei um comentário nas surgiu um problema
    com o Explorer e não sei se o comentário se terá
    perdido.

    Um beijo

    Alvaro

    ResponderExcluir
  4. Mirna

    Vi que você se tornou seguidora do Asas Róseas e vim aqui para conhecer seu blog.
    Adorei os poemas e as imagens, enfim , tudo.

    Rose

    ResponderExcluir

Fico feliz por você deixar sua opinião - ela é muito importante para mim!
Muita luz e amor
mirna