Percurso

Pés desnudos, cansados
marcam pegadas profundas...
ora soltos, abandonados...
ora desfeitos da lida;
Calcam no andar sem rumo
o ferro e fogo da vida.
Esmagam sonhos, talvez,
ou constroem uma saída...
Em direção ao infinito ser,
ao universo sumo,
elevam em flocos de nuvens
todo o saber de viver.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fico feliz por você deixar sua opinião - ela é muito importante para mim!
Muita luz e amor
mirna