MASCARADO




 

Imerso em meio aos sentidos,
em falsas joias disfarçado...
composto em sonhos já idos:
um belo artefato decorado
que o rosto fez escondido...
E então o olhar disfarçado
encoberto, para não denunciar
que ali ainda mora o amor
e a alma ainda anseia vibrar...
Máscara tão bem esculpida;
oculta de todos quem a usa...
mas não esconde uma vida
que ainda se emociona e sente
da simples luz de uma lua
a um céu rendado... impunemente!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fico feliz por você deixar sua opinião - ela é muito importante para mim!
Muita luz e amor
mirna